Doença do silicone x Síndrome Asia

A Doença do Silicone é caracterizada por uma constelação de sintomas crônicos de saúde resultantes da implantação de silicone ou solução Salina.
Os sintomas da doença podem variar de pessoa para pessoa devido a genética, doença auto-imune pre-existente, tipo de implante, progressão da doença, etc.
Embora utilizados como sinônimos, a Síndrome Ásia é apenas UM dos muitos aspectos da chamada “Doença do Silicone “ - o aspecto que mimetiza doenças autoimunes.
Segundo o reumatologista e especialista em toxidade por silicone Dr Arthur Brawer, a intoxicação química provocada pelos implantes (silicone, metais pesados e biotoxidade) é uma doença genuína orquestrada por pelo menos duas dezenas de mecanismos diferentes que perturbam a bioquímica do corpo, mas a maioria deles não têm nada a ver com auto-imunidade. De acordo com seus estudos, “a Síndrome Ásia é uma bruta simplificação exagerada do que é claramente é um problema muito mais complicado.”
Realmente, os "clássicos” sintomas auto-imunes e os critérios sugeridos para S Ásia muitas vezes não se aplicam às pacientes, sendo resultado da toxidade latente que compromete a bioquímica celular. O Dr Brawer cita como exemplo:
💊 Pelo menos 75% das pacientes sintomáticas têm olhos e boca secos, com o teste de Schirmer bastante alterado. No entanto, suas biópsias de tecidos salivares são completamente normais, porque esse problema provavelmente se deve à disfunção do receptor da acetilcolina e não a um problema autoimune;
💊Como outro exemplo, o ácido silícico atravessa a barreira hematoencefálica e pode quelar neurotransmissores (como a dopamina), provocando disfunção cognitiva, mas as ressonâncias magnéticas das pacientes são normais, não fechando critérios autoimunes;
Por não haver um exame específico capaz de diagnosticar a Doença do silicone e considerando que os critérios sugeridos da Ásia são extremamente simplificados, a maioria dos médicos não vai sequer cogitar algum problema antes que a paciente desenvolva uma doença autoimune com características clássicas.